O sucesso da teleconsulta no Brasil - Bangclinic- Dicas Saude - Saúde, nutrição e bem-estar em ...
Woman calling doctor online. Telemedicine concept. Future teleconsulting. Diagnostic from home. Videoconference with therapist in kitchen. Sick female asking for help. E-medicine

Conheça mais sobre o crescimento da teleconsulta no Brasil e saiba como um software de gestão clínica pode melhorar a satisfaão do seu paciente com o atendimento remoto

Impulsionada pela pandemia da Covid-19, a teleconsulta se consolidou como modalidade de atendimento médico ao redor do mundo. Dados revelam, inclusive, que a assistência à saúde a distância cresceu 372%, de março de 2020 a setembro de 2021. E graças às boas experiências de profissionais de saúde e de pacientes com a consulta online, a teleconsulta deve continuar democratizando o acesso da população à saúde por muitos anos.

Embora a consulta a distância tenha ganhado destaque nos últimos anos, a teleconsulta no Brasil é uma prática não tão nova assim. Na verdade, ela surgiu na década de 90, com a realização de exames de eletrocardiograma a distância. Com a evolução da tecnologia, a popularização da internet e os avanços na área da saúde, a alternativa ao atendimento presencial tem ganhado cada vez mais relevância.

A teleconsulta no Brasil

De acordo com o CFM (Conselho Federal de Medicina), “teleconsulta é a consulta médica remota, mediada por tecnologias, com médico e paciente localizados em diferentes espaços geográficos”. A modalidade de atendimento tem sido adotada por muitos países para oferecer assistência à saúde ao maior número de pessoas possível, independentemente da distância e do horário de trabalho.

No Brasil, a consulta online foi autorizada de forma emergencial pelo Ministério da Saúde por causa da pandemia da Covid-19. Após muitas discussões sobre a forma de atendimento, o Conselho Federal de Medicina publicou a Resolução nº 2.314/2022, que define e regulamenta os serviços médicos intermediados pela tecnologia.

 

A necessidade de regulamentar a telessaúde se deu principalmente por causa da grande aceitação tanto pela classe médica como por pacientes. Com um potencial expressivo de se tornar a primeira opção de atendimento entre a maioria das pessoas, foi preciso criar regras claras para que todos os profissionais de saúde prestem um atendimento de excelência, de acordo com os preceitos éticos da medicina e conforme as exigências da segurança da informação na área de saúde.

Benefícios da teleconsulta no Brasil

Conforme pontuamos anteriormente, a consulta online democratizou o acesso da população à saúde no país. Além de quebrar barreiras geográficas, a teleconsulta também otimiza o tempo de atendimento e ainda oferece outros benefícios importantes, como por exemplo:

 

  1. • Diminui a sobrecarga dos sistemas de saúde;
  2. • Reduz custos com deslocamento (paciente) e com infraestrutura do consultório (médicos);
  3. • Melhora a relação médico-paciente;
  4. • Possibilita que os pacientes tenham acesso a informações qualificadas, diretamente dos profissionais de saúde;
  5. • Facilita a humanização do atendimento;
  6. • Na pediatria, tranquiliza pais e responsáveis;

Aplicações na área da saúde

 

Ao contrário do que se imagina, o teleatendimento não está restrito apenas a oferecer assistência à saúde e a sanar dúvidas dos pacientes. A teleconsulta também é muito útil nos seguintes casos:

 

  1. • Acompanhamento do paciente após a consulta (pós-consulta);
  2. • Envio e recebimento de exames e documentos;
  3. • Realização de anamnese clínica para a obtenção de diagnósticos ágeis e assertivos;
  4. • Interação entre equipe médica.

Principais desafios

Entre tantos benefícios, infelizmente a assistência remota à saúde também tem lá os seus desafios. Um dos principais, aliás, diz respeito a falhas de conexão com a internet. Classificado como barreira à consulta de saúde online em casa por um estudo, o problema resulta em baixa qualidade de vídeo e áudio, fator que pode gerar frustração por parte dos pacientes.

 

Entretanto, esse é um desafio que tende a ser superado com a chegada da tecnologia 5G ao Brasil. Com uma velocidade de conexão até 100 vezes maior do que a atual rede 4G, a tecnologia 5G promete transformar a forma com que as pessoas se comunicam. Na área da saúde, ela vai ampliar o acesso das pessoas à teleconsulta e melhorar a experiência do paciente com os serviços online prestados.

 

Infelizmente, a conexão ruim com a internet não é o único desafio dessa modalidade de atendimento. Inclusive, a mesma revisão sistemática intitulada como “Barreiras e Facilitadores que Influenciam a Consulta Online em Tempo Real, Baseada em Telemedicina em Domicílios”, revela outros obstáculos para a expansão da consulta online:

 

  1. • Distrações do ambiente doméstico;
  2. • Falta de treinamento do paciente e do profissional de saúde para o uso da tecnologia;
  3. • Baixa adesão dos planos de saúde à teleconsulta;
  4. • Falta de integração de algumas plataformas de consulta online com agendas e prontuários eletrônicos;
  5. • Falta de informação dos pacientes sobre a modalidade de atendimento, o que diminui a aceitação à consulta online.

 

Apesar de todos esses desafios, os resultados da revisão foram positivos. Os participantes das pesquisas relataram facilidade de uso, economia de gastos, redução do tempo de espera pela terapia e melhora da condição de saúde em geral. Além disso, foi evidenciada a percepção de que a modalidade diminui significativamente os riscos de transmissão de doenças.

Como superar os desafios da teleconsulta no Brasil?

 

Como você pode perceber, a consulta online é uma excelente alternativa para descentralizar o acesso à saúde e possibilitar que mais pessoas tenham um atendimento qualificado de forma ágil e prática. Apesar de ter surgido na década de 90, a teleconsulta passou por avanços relevantes a partir dos anos 2000, graças à popularização da internet e da presença cada vez maior da tecnologia no dia a dia das pessoas.

 

Todavia, para que tanto profissionais da saúde como pacientes possam se beneficiar com essa modalidade de atendimento, é preciso contornar algumas barreiras em prol de uma assistência à saúde eficiente. Confira a seguir algumas práticas que podem ser adotadas em seu hospital, clínica ou consultório para melhorar a satisfação dos seus pacientes com o atendimento remoto:

 

  1. • Contar com uma boa conexão de internet;
  2. • Adquirir os equipamentos necessários (webcam, headset);
  3. • Garantir um ambiente calmo e tranquilo para evitar distrações;
  4. • Usar uma linguagem cordial, clara e objetiva com o paciente, sem muitos termos técnicos que dificultem a compreensão do diagnóstico ou tratamento;
  5. • Pautar o atendimento online na ética médica e na empatia;
  6. • Investir em uma plataforma de teleconsulta segura, intuitiva e com recursos integrados para a gestão de clínicas e consultórios, como a OnlineClinic.

 

Quer ampliar os horizontes do seu atendimento, atrair e fidelizar pacientes com o auxílio da tecnologia? Conheça as soluções inteligentes da OnlineClinic, aumente a produtividade do seu consultório e gerencie o dia a dia das suas equipes de trabalho em qualquer hora e em qualquer lugar. Teste grátis por 7 dias.

By saude

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?