DicasSaude

A importância dos administradores e dos médicos na gestão de clínicas

A importância dos administradores e dos médicos na gestão de clínicas

 

Um dos principais objetivos dos jovens graduados em medicina é iniciar seu próprio negócio. No entanto, esta não é uma tarefa fácil. Porque muitos problemas precisam ser resolvidos na gestão de uma clínica ou consultório.

No entanto, existem muitas dúvidas sobre os limites de responsabilidade dos profissionais de saúde e gestores. Se você está procurando uma resposta para esta pergunta. Recomendamos a leitura deste artigo.

 

O que é Gestão Clínica?

 

A palavra gestão refere-se ao ato de administrar ou administrar algo. Nesse sentido, a gestão clínica consiste em um conjunto de atitudes, técnicos e uso de tecnologias para criar e otimizar os processos internos das organizações de saúde.

Além disso, as clínicas e consultórios devem desenvolver um gerenciamento eficaz, porque seu trabalho é tratar, salvar vidas e restaurar a qualidade de vida dos pacientes. Por isso, é importante que sejam bem administrados.

No Brasil, o termo “gestão clínica” foi utilizado pela primeira vez em 2001, por Eugênio Vilaça Mendes, autor do estudo “Os Grandes Dilemas do SUS”. Neste artigo, ele defende que a gestão dessas instituições deve ser horizontal, contextual e coletiva.

Da mesma forma, a gestão da clínica é uma tarefa que envolve as seguintes atividades: liderança, visão estratégica, controle de estoque, fluxo de caixa e monitoramento de diversos indicadores. No entanto, o principal desafio dos médicos é conciliar essa atividade com a rotina de trabalho.

Assim, para realizar uma gestão eficaz, é necessário investir em sistemas digitais específicos para esse fim, como prontuário eletrônico e softwares como o OnlineClinic. Além disso, a complexidade dessa gestão exige a segmentação das tarefas de acordo com as competências de cada profissional.

No entanto, a educação médica não abrange a administração de empresas. Consequentemente, confiar em um gestor profissional pode ser a alternativa mais adequada, principalmente para a elaboração de um bom planejamento estratégico.

 

Como usar a gestão de clínicas e consultórios?

 

A gestão de clínicas e consultórios envolve o estabelecimento e alcance de metas que aumentam a eficiência dos processos do consultório, como a redução do desperdício de materiais, atrair e manter pacientes.

Além disso, ter uma administração eficiente também contribui para a redução dos gastos da clínica e dá mais segurança aos investimentos nas melhorias. Consequentemente, a gestão estratégica possibilita o aumento da lucratividade da empresa.

Gerenciar uma empresa não se limita a analisar números, fluxo de caixa ou acompanhar métricas. De fato, o plano deve levar em conta as relações humanas, sociais e tecnológicas.

O sucesso deste plano estratégico depende da motivação dos colaboradores e do seu alinhamento com as propostas e objetivos. Por esses motivos, ter um bom direcionamento estratégico é uma tarefa que exige dedicação e experiência.

 

Qual é o papel do administrador na gestão da clínica?

 

Um dos principais problemas na gestão de clínicas e consultórios é a inabilidade dos médicos de dar seguimento aos seus planos. Além disso, como não recebem tais informações durante a formação médica, devem se dedicar à pesquisa sobre o assunto.

Nesse sentido, eles devem terceirizar a gestão do negócio para um gerente profissional. No entanto, o setor saúde possui muitas peculiaridades que, na maioria das vezes, são desconhecidas desses gestores.

Consequentemente, a gestão das organizações de saúde deve ser feita de mãos dadas, ou seja, com o trabalho conjunto do médico e do gestor. Assim, é possível ter um perfeito conhecimento do funcionamento da empresa e proceder à correta distribuição das atividades.

Com isso, tanto os pacientes quanto os funcionários são impactados por essa organização, o que proporciona maior visibilidade e aumenta a reputação da empresa no mercado.

Por fim, a presença de um técnico experiente torna a equipe uma referência nesta área, o que proporciona mais segurança e também mais confiança no calendário proposto. Assim, há maior comprometimento e maior eficiência nas atividades que realizam.

 

Descubra o que considerar antes de contratar um administrador.

 

Agora que você entendeu a importância e o papel de um administrador, devemos falar sobre as características que esse profissional deve ter. Dessa forma, as chances de contratar alguém que esteja disposto a atender suas necessidades são maiores.

Primeiro, o trabalho do gestor envolve a análise geral e segmentada dos processos de uma empresa, o que requer uma visão estratégica. Ao aplicar o conceito de eficiência organizacional, o administrador deve conhecer os valores e objetivos da instituição.

No entanto, outra característica importante é a capacidade de liderar e inspirar a equipe sem comprometer o relacionamento gerencial do médico. Ao exibir essas habilidades, o gestor profissional poderá estimular e envolver a equipe.

Além disso, o administrador tem o dever de monitorar o trabalho dos funcionários para levar o processo o mais a sério possível. Devido a essas atribuições, é importante considerar as seguintes capacidades:

1 – habilidade analítica;

2 – Intelecto emocional;

3 – Compromisso com metas;

4 – Capacidade de tomar decisões;

5 – Visão estratégica de longo prazo.

Consequentemente, após conhecer melhor o papel e as características de um bom gestor, conheça os principais resultados alcançados por uma gestão eficaz de clínicas e consultórios.

 

Quais são os benefícios de ter uma boa gestão?

 

Ter controle estratégico significa aumentar a eficiência da sua empresa, agilizar processos e aumentar a produtividade. Com isso, a rotina de trabalho da clínica se torna mais flexível e prática, o que beneficia tanto a equipe quanto os pacientes.

Além disso, a capacidade analítica do gestor o advertirá para possíveis gargalos da gestão como, por exemplo: falta de organização do estoque, perdas de insumos, gastos desnecessários, entre outros.

Assim, economia de custos e aumento da lucratividade são outros benefícios alcançados. Graças a esses resultados, a clínica teve um crescimento significativo, o que também é reconhecido entre os pacientes.

 

Que tipo de ferramenta pode auxiliar na sua gestão de clínicas e consultórios?

 

O OnlineClinic é um sistema de gestão de clínicas que te dá todos os recursos necessários para organizar tudo em um só lugar, aumentando a produtividade da clínica, economizando tempo e até reduzindo custos.

Além disso, com o OnlineClinic você garante a comodidade de permitir que os pacientes façam o parcelamento com rapidez e segurança em dinheiro ou cartões de débito e crédito sem a necessidade de uma máquina de cartão com o PayClinic, uma solução inédita e única. Acompanhe relatórios de pagamentos diários esperados e gerados diretamente pela plataforma e muito mais.

Acesse o nosso site e solicite agora a sua demonstração gratuitamente e aproveite as vantagens que só o OnlineClinic traz para você.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
× Como posso te ajudar?